Ricardo Gouveia e Joana Costa vencem 2.ª Edição do Funchal Vertical Kilometer

A segunda edição do Funchal Vertical Kilometer decorreu esta manhã no Parque Ecológico do Funchal, com sete dezenas de participantes, que competiram para o ranking da Taça de Portugal Vertical e da Juventude, Taça da Madeira e Troféu nacional de Clubes da modalidade Skyrunning.

A organização do Clube Aventura da Madeira definiu um percurso com 4,5km de extensão e 1000 metros de desnível positivo, entre os 460 metros de altitude na Ribeira de Santa Luzia e os 1460 metros de altitude no planalto do Chão da Lagoa, com alguns parciais de forte inclinação, que colocaram à prova os skyrunners que aceitaram o desafio desta subida continua, numa manhã de verão, com temperaturas altas.

Ricardo Gouveia (Clube Aventura da Madeira) destacou-se logo à partida e venceu categoricamente com o tempo de 44:18, Américo Caldeira (Clube Aventura da Madeira) foi segundo com 45:41, e a fechar o pódio masculino Bruno Silva (Clube Escola do Estreito), com 46:50.

Na classificação feminina, Joana Costa da ADRAP surpreendeu, vencendo por 23 segundos a Carla Freitas Brandt (Clube Aventura da Madeira), segunda classificada com 56:19. Na terceira posição classificou-se Cátia Fiqueli (Clube Aventura da Madeira) com 59:10.

Na classificação por equipas, o Clube Aventura da Madeira venceu em ambos os géneros.

Pódios Classificação Geral

Femininos

1.ª Joana Costa – ADRAP 55:56

2.ª Carla Brandt – Clube Aventura da Madeira 56:19

3.ª Cátia Fiqueli – Clube Aventura da Madeira 59:10

Masculinos

1.º Ricardo Gouveia – Clube Aventura da Madeira 44:18

2.º Américo Caldeira – Clube Aventura da Madeira 45:41

3.º Bruno Silva – Clube Escola Estreito 46:50

A organização do Clube Aventura da Madeira contou com o apoio da Câmara Municipal do Funchal, Parque Ecológico do Funchal, Direção Regional de Desporto, Associação da Madeira de Desporto Para Todos e Innovation Fitness Club.

Mais informações em: https://kmvertical.camadeira.com/

Resultados Funchal Vertical Kilometer 2021

Informações aos Participantes!

Lista de Partidas

COVID-19 – Uso obrigatório de máscara em todos os momentos do evento (até à partida e logo após a chegada), exceto em competição 
 
TERMO DE RESPONSABILIDADE – Preferencialmente deverá ser entregue devidamente assinado por via digital, enviando para o email: camadeira.eventos@gmail.com
Poderá  ser entregue em papel no momento de levantamento do peitoral, nos momentos previstos para o efeito. 
 
PEITORAL –
No dia da prova, é possível levantar o peitoral a partir das 8h15 junto à área de PARTIDA – Ver mapa de Localizações em: https://kmvertical.camadeira.com/?page_id=1395
 
O chip de cronometragem Sportident será entregue a todos os participantes somente na zona de partida – Ver procedimentos de utilização do chip de cronometragem em: https://kmvertical.camadeira.com/?page_id=803
 
Para levantar o peitoral devem os participantes apresentar um documento de identificação válido.
 
SECRETARIADO 
25 JULHO – 8H15 às 9h20 na zona de Partida – Levantamento de peitoral e chips 
 9h30 às 12h no local de chegada, no Chão da Lagoa para leitura e devolução do chip de cronometragem.
 
TRANSPORTE PARA A PARTIDA – O transporte entre o local de chegada (e entrega de prémios após o fim da prova) só está disponível para os inscritos que assinalaram essa necessidade no momento de inscrição. Os interessados que tenham solicitado o transporte devem estar na reta do Chão da Lagoa até às 7h45, para aceder ao autocarro, que parte às 8h00 do Chão da Lagoa (ou antes se completo). O transporte mencionado é entre o Chão da Lagoa e a Rotunda da Fundoa. Para aceder à zona de Partida os participantes devem efetuar um trajeto de 1300 metros a pé.
 
Nota 1: o acesso ao Chão da Lagoa estará aberto pelo Portão Norte e Sul a partir das 7h00.
Nota 2: A hora indicada para iniciar as partidas é às 9h00. Em caso de algum atraso com o transporte, a Partida será sempre efetuada, no mínimo, 30 minutos após a chegada do transporte à Rotunda da Fundoa.
Nota 3: Uso obrigatório de máscara também durante o transporte!
 
PARTIDA – Grupos de 10 atletas de acordo com a ordem do peitoral, com intervalo de 3 minutos, entre cada grupo. O critério utilizado no ordenamento das partidas teve em conta o seguinte:
1 – Atletas Federados Skyrunning com resultados relevantes;
2 – Atletas com resultados relevantes em provas de corrida;
3 – Classificados no Ranking da Taça da Madeira Vertical 2020.
4 – Ordem de Inscrição.
 
PERCURSO / DURANTE A PROVA/SINALIZAÇÃO
O percurso tem 4,5km de extensão e 1000m D+, dados aproximados. A parte inicial decorre em caminho largo até cerca dos 1200 metros de prova, sendo o restante itinerário em caminho de natureza pedestre, por vezes estreito. Os participantes em ritmos mais lentos devem facilitar a passagem, mantendo a segurança na progressão.
O percurso estará sinalizado com fitas de cor vermelha, com setas vermelhas nas mudanças de direção, podendo existir ainda sinalização de cor laranja fluorescente em zonas abertas. Os atletas devem estar atentos às opções de itinerário, seguindo as que têm sinalização. Não devem percorrer longos trajetos sem sinalização, mais que 100 metros devem pôr em causa a opção tomada.
 
ABASTECIMENTO
A prova deve ser feita em autonomia pelos participantes que devem ser portadores dos requisitos necessários à sua prova, no entanto, face às condições climatéricas previstas, com tempo quente, a organização irá disponibilizar um ponto de água aos 2,5km , na zona do caminho florestal do Barreiro. Para utilizar o referido ponto de água, deverão ser portadores do seu próprio copo. Na Meta haverá o fornecimento de uma água e uma peça de fruta/ Barra de Cereais.
 
MATERIAL OBRIGATÓRIO
Art. 14.º – Material Obrigatório A participação no Funchal Vertical Kilometer® exige que os participantes sejam portadores do seguinte material: 
– Peitoral, fixado ao nível abdominal ou peitoral; 
– Elemento de cronometragem, fornecido pela organização (chip SI-CARD); 
– Vestuário e calçado adequado; 
– Impermeável que, a organização, observando as condições no dia da prova e previsões climatéricas, poderá considerar como material facultativo.
 
META/CRONOMETRAGEM
Os participantes partem à hora indicada de acordo com o seu peitoral. Devem ser portadores do chip no dedo de acordo com as instruções dadas, e preparar antes da chegada para efetuar a sua cronometragem numa das duas estações Sportident existentes na linha de META. Após a confirmação do sinal da estação (sonoro e luz vermelha) deve dirigir-se ao secretariado para descarregar o chip com o seu tempo de prova.
 
ENTREGA DE PRÉMIOS
Logo após a hora limite estabelecida para a chegada à meta dos últimos participantes a partir,  pelas 11h45 será promovida a entrega de prémios.

Lista Inscritos 2.ª Edição Funchal Vertical Kilometer

A Lista de Inscritos e números de peitorais foram atualizados a 22 julho de 2021!

2.ª Edição Funchal Vertical Kilometer – 25 Julho 2021

A 2.ª Edição do Funchal Vertical Kilometer está agendada para o dia 25 de julho de 2021, com um percurso de 4500 metros e 1000 metros de desnível positivo definido na vertente esquerda do vale da Ribeira de Santa Luzia, em pleno Parque Ecológico do Funchal, Freguesia do Monte, concelho do Funchal.

A prova está inserida no calendário de provas da Taça de Portugal Vertical, Taça de Portugal da Juventude, Taça da Madeira Vertical e Troféu de Clubes, de Skyrunning, da Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal.

Marco Silva e Camila João vencem Tabua Vertical Kilometer 2018

Camila João 1.ª Tabua vk Marco silva 1.º

A Tabua recebeu com sol a segunda prova da Taça de Portugal Vertical, com a disputa da 2.ª edição da “Tabua Vertical Kilometer®”. A prova tinha uma extensão de 4km e 1000m de desnível positivo. O evento organizado pelo Clube Aventura da Madeira pontou ainda para a Taça da Madeira e para o Troféu de Clubes FCMP, tendo contado com a representação de 13 clubes da Região filiados na Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal.

Dos oitenta e nove inscritos, setenta e três atletas classificaram-se, superando um terreno muito diversificado, com pavimento em terra, pedra ou vegetação rasteira, e ainda alguns parciais com elevada inclinação, que em média situou-se nos 25%.

lEONARDO DIOGO

A partida situou-se no sítio do Ribeiro da Tabua a 430 m de altitude, ainda numa zona rural do concelho da Ribeira Brava, e após 400m por caminhos pavimentados entrou em trilhos de acesso à zona montanhosa da Tabua, seguindo uma cumeada até à meta instalada junto à Estrada Regional 110, nas proximidades do sítio das Pedras no Paul da Serra, a 1430m de altitude.

Destaque para as vitórias absolutas de Marco Silva da Associação Desportiva Galomar e de Camila João do ACD Jardim da Serra. A disputa pelos primeiros lugares no setor masculino foi ao segundo, com Bruno Silva do GD Estreito, 2.º classificado, a ficar a 10 segundos do primeiro lugar de Marco Silva que realizou 43:20, para superar os 4km e 100m D+ do percurso. Na terceira posição classificou o veterano 50 anos, Leonardo Diogo a representar o Clube Aventura da Madeira, que fez o tempo de 44:04, suficiente para bater Tiago Aires do Clube de Montanha do Funchal, que gastou mais 23 segundos e quedou pela 4.ª posição. Nos femininos, Camila João do ACD Jardim da Serra realizou o percurso em 57:13, deixando a colega de equipa, Sara Rodrigues, na segunda posição a 53 segundos, e na terceira posição, classificou-se Marilisa Fernandes do Clube Aventura da Madeira, que realizou o tempo de 1:00:27.

VK SOLANGE FERRAZ

Na classificação por escalão, os primeiros lugares repetiram-se nos seniores com as vitórias de Marco Silva (AD Galomar) e Camila João (ACD Jardim da Serra), nos veteranos 40 anos venceram Américo Caldeira (CAMadeira) e Maria João Abreu (ADC Porto Moniz), nos veteranos 50 anos vitorias para Leonardo Diogo (CAMadeira) e para Iolanda Henriques (CF Andorinha), e em veteranos 60 anos, classificaram-se como primeiros Luís Mendonça (CAMadeira) e Solange Ferraz (CMoFunchal).

Nos escalões jovens, os primeiros foram Francisco Henriques (GD Estreito) em Juvenis, e Ana Henriques (CF Andorinha) e André Dias (CF Andorinha) nos Juniores.

Nas classificações por equipas, o Clube Aventura da Madeira venceu em ambos os géneros.

A prova contou com os apoios da Câmara Municipal da Ribeira Brava, Guarda Nacional Republicana, Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal, Direção Regional de Juventude e Desporto e Associação da Madeira de Desporto Para Todos.

DSC02151

Informações Importantes e Lista de Partidas

eastshores_Warning_Notification

PREVISÕES METEO

As previsões para as proximidades da prova são as seguintes:
Bica da Cana
SECRETARIADO – no dia do evento, 13 de Maio, no Centro da Freguesia da Tabua, na Praceta junto à Igreja, a partir das 8h00.

– Todos os participantes antes da Partida, terão de registar a sua presença no secretariado entregando o termo de responsabilidade e levantando o material de participação constituído pelo Peitoral e pelo Chip.

Termo de Responsabilidade AQUI

 

MATERIAL OBRIGATÓRIO

A participação no Tabua Vertical Kilometer® exige que os participantes sejam portadores do peitoral e do elemento de cronometragem, fornecidos pela organização, e o vestuário e calçado adequados, e impermeável.

TRANSPORTE PARTIDA – Parte do centro da Freguesia da Tabua, nas proximidades do secretariado. De acordo com a lista de partidas, os participantes com hora de partida entre o minuto 0:00:00 (9h30) e o minuto 0:37:00 (10h06) devem comparecer até às 8h45 junto ao autocarro que os transportará até ao local de partida. Os restantes participantes terão de comparecer no mesmo local até às 9h30.
 
PARTIDAS
Lista de Partidas AQUI
A ordem de partida foi definida pelo seguinte critério:
1- Definição de dois grupos de atletas, um grupo de atletas federados classificados no ranking da Taça de Portugal Vertical 2017,  que sai primeiro (primeiro atleta às 9h30) e um outro grupo formado pelos restantes inscritos, que parte a seguir ao primeiro grupo. A ordem de partidas em cada um dos grupos será sorteada pelo sistema Sportident.
2 – O intervalo de partida será de um minuto entre cada participante  do primeiro grupo (atletas no Ranking da Taça de Portugal Vertical 2017), saindo individualmente. No segundo grupo, com os restantes inscritos, partem dois atletas de minuto a minuto.
3 – Procedimento de partida –  O participante munido do seu chip e peitoral comparece na zona de partida onde será chamado cerca de 1 minuto antes. Na sua hora de partida, o participante introduz o chip na estação START e inicia a cronometragem da sua prova.
Coordenadas google PARTIDA – 32.70406, -17.0629
PONTOS DE PASSAGEM INTERMÉDIOS – os controlos de cronometragem intermédios são facultativos e encontram-se ao longo do percurso coincidentes com os kms acumulados (KM 1; KM 2; KM 3).
CHEGADA – Os participantes concluem a sua prova quando introduzem o seu chip numa das estações FINISH situadas sobre a linha de Chegada. Após o procedimento de Chegada os participantes entregam o seu chip para descarregar o tempo de prova.
Após a Chegada, os participantes regressam a pé ao local de Partida, por itinerário indicado pela organização (ver mapa abaixo). Os atletas no regresso a pé informam a organização na Chegada, e quando chegam de volta à partida, entregam o chip.
Haverá  alimentação e hidratação ligeiras na zona de Chegada.
Cordenadas Google Chegada – 32.73247, -17.0573
A estrada ER110 está encerrada entre a Encumeada e a Zona de Chegada. O acesso automóvel à zona de Chegada é via Paul da Serra, Bica da Cana.
ENTREGA DE PRÉMIOS – Prevista a partir das 13h, na praceta no centro da Freguesia da Tabua. Haverá entrega de prémios por escalão e equipas, por género.
ESQUEMA PERCURSO tabua 2018 copy

Lista de PARTIDAS Tabua Vertical Kilometer

Atenção: As partidas iniciam-se às 9h30 com o primeiro atleta (hora zero 00:00)

 

Inscrições disponíveis até 6 de maio de 2018

Cartaz TABUA VK 2018 vers19042018 RGB NET

Tabua Vertical Kilometer® – 13 de Maio de 2018

Informações e Abertura de Inscrições brevemente neste sítio!

tabua VK copy